GUIA 101 SEMENTES DE CÂNHAMO: O QUE É, BENEFÍCIOS E COMO USAR

Sunday, February 26, 2017

Depois da quinoa (aqui) e do óleo de coco (aqui), chegou a vez das sementes de cânhamo brilharem no palco da série GUIA 101. Particularmente famosas e admiradas na comunidade vegetariana e vegana, estas sementes maravilha da natureza são no entanto uma ótima adição à alimentação de cada um de nós. Mas afinal quais são os seus benefícios? Como conservar e utilizar? Com este post pretendo responder a algumas dessas questões e fornecer um pequeno guia de introdução e utilização das sementes de cânhamo. Ah e claro responder à questão mais pertinente também - as sementes de cânhamo dão pedrada?


O QUE É?

Apesar da planta de cânhamo e a planta de Cannabis pertencerem à mesma família biológica - Cannabis Sativa - estas são na verdade variedades ligeiramente diferentes. A planta de cânhamo indústrial possui apenas um nível vestigial (~0.001%) de THC (Tetraidrocanabionol), a substância responsável pelos efeitos psico-activos na cannabis, sendo por isso segura para consumo. A planta de cânhamo dá origem a pequenas sementes, aproximadamente do tamanho de um grão de milho, de casca dura e cor verde-acastanhada. No entanto, é habitual ver à venda apenas o interior da semente (sem a casca, em inglês hemp hearts) por serem de mais fácil consumo e digestão (fotografia). Como alternativa, as sementes de canhâmo podem também ser prensadas para extrair o óleo de canhâmo ou em pó, a proteína de cânhamo isolada, um subproduto da extração do óleo de cânhamo.

QUAIS OS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS?

Particularmente aclamadas e utilizadas pela comunidade vegetariana e vegana, estas sementes maravilha apresentam um perfil nutricional de fazer inveja a muitos outros alimentos.

- Elevado teor de proteína de origem vegetal (~25 a 30g por 100g)
- Perfil proteico completo (apresenta todos os aminoácidos essenciais)
- Ricas em ácidos gordos (por ex. ómega-3 e ómega-6)
- Estudos recentes apontam para a redução de inflamação e melhoria da saúde cardiovascular com o consumo de uma dieta rica em ácido alfa-linolénico, presente nas sementes de cânhamo  1
- Rácio ideal para a saúde humana de ómega-6/ómega-3 (entre 2:1 e 3:1) 2
- Ótima fonte de vitamina E
- Rica em fibra
- Rica em vários minerais essenciais ao bom funcionamento: fósforo, ferro, magnésio e manganês

COMO CONSUMIR E CUIDADOS A TER 

Extremamente versáteis, as sementes de cânhamo podem ser consumidas das mais variadas formas. Com casca  e na sua forma natural, podem ser utilizadas para fazer "leite" de cânhamo ou tostadas para lhes dar um sabor mais torrado. Podem também ser consumidas sem casca e cruas por cima de batidos ou papas de aveia, ou incorporadas em panquecas e bolos. Por último, podem também ser consumidas na forma de óleo (como tempero para saladas por exemplo) ou na forma de proteína em pó em batidos. As combinações são literamente infindáveis e eu pessoalmente utilizo de imensas formas, desde as papas de aveia ao pequeno-almoço até para topping na sopa ao jantar.

Podem ser facilmente encontradas, principalmente sem casca ou proteína em pó, em qualquer supermercado biológico ou loja especializada. De forma a preservar os ácidos gordos e outros nutrientes presentes nas sementes, as mesmas quando sem casca (hemp hearts) devem ser conservadas no frio e dentro de uma embalagem opaca.

E por aí, também consome sementes de cânhamo? De que forma?

  • Share:

You Might Also Like

3 Comments!

  1. Confesso que nunca provei mas é sempre bom descobrir mais sobre os alimentos ao nosso dispor!
    Boa semana!
    Beijinho
    Cris

    www.lima-limao.pt

    ReplyDelete
  2. Yum! Não conhecia mas adorei ficar a conhecer :)
    Tenho mesmo de experimentar!
    Adorei o post, e a fotografia está linda!

    Beijinhos, Beatriz ❤
    Cat Lover

    ReplyDelete
  3. Comprei online por engano 2kgs com casca!!! Quero perceber melhor como se consome com casca por favor: como se faz o leite e torrada come-se com a casca?

    ReplyDelete